quinta-feira, 24 de março de 2016

CALMA, AS COISAS NÃO MUDAM DA NOITE PRO DIA

No dia de hoje, 24 de março de 2016, recebi uma enxurrada de e-mails e mensagens para comentar sobre uma suposta nova expiração das milhas do Multiplus. Isso ocorreu em função de uma ação promovida em face da TAM pelo Proteste. Bom, vamos lá. Garanto que isso não irá ocorrer tão cedo, mas infelizmente a mídia divulga aquilo que ela mesma não sabe. E como advogado posso falar o que será feito para evitar isso. Primeiro, essa decisão é em primeira instância e levou quase 2 anos, ou seja, ainda cabem 2 recursos antes do fim dessa ação. Segundo, a parte ré da ação é a TAM, o que atualmente nada tem a ver com o programa de milhas ou pontos. Quem deveria responder por isso deveria ser a empresa Multiplus, que é autônoma, e não pode ser confundida com a TAM. Logo, mesmo que o Proteste vença a ação, a mesma não terá valor nenhum, já que quem deveria estar sendo processado é o Multiplus e não a TAM. Logo, não adiante celebrar nada ainda.
 
A TAM está quietinha, e é capaz de entrar com todos os recursos possíveis para prolongar esse processo, e no fim do mesmo alegar que não é a parte competente. Infelizmente a mídia não tem esse conhecimento técnico e acaba criando expectativas nos leitores. Obviamente a tendência é alongar o prazo de expiração dos pontos dos programas nacionais, mas essa deveria ser tratada na forma legislativa a fim de abarcar todos que atuam em território nacional, e não através de um processo em face de uma empresa aérea. É triste ver pessoas comemorando na seção de comentários de outros meios eletrônicos de notícias, e entendo que não é culpa deles, e sim de uma mídia hoje, que transmite a informação pensando na publicidade que a mesma irá gerar. Enquanto isso não acontecer, seguimos juntos aqui bem informando o leitor a respeito da realidade das coisas. Boa Viagem!
 
FONTE: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário