quarta-feira, 22 de junho de 2016

Textual description of firstImageUrl

DE ACORDO COM PROCON EMIRATES DEVE HONRAR AS PASSAGENS EMITIDAS COM BUG

Segue o Link da reportagem, assistam, e depois volto em seguida:


Bom, é isso aí, a Emirates errou, e deve honrar as passagens, porém tudo indica que não fará. O Procon já enviou um ofício para a empresa aérea que deverá propor algo em 7 dias, porém caso não o faça o caminho é mesmo a justiça.

A questão toda sobre esse tipo de situação é justamente o fato de não se ter a certeza do erro. Promoções relâmpagos, e de baixo valor são comuns no meio do mercado de passagens. Tudo bem que a da Emirates foi bem abaixo do normal, mas ainda sim um valor razoável, e como você pode ver na captura de tela do site, a tarifa é anunciada como super promocional, e não discrimina as taxas, o que não dá a ela o direito de alegar tarifa zerada. 


Também como já foi dito aqui, é muito difícil ter a certeza de um "Bug" a primeira vista. Já anunciamos pelo menos 4 Bugs esse ano que na verdade eram promoções de valor bem baixo, mas utilizamos o nomenclatura justamente para chamar atenção. Eu acredito que quem entrar na justiça consegue a reparação do dano, bem como a obrigação da prestação de serviço. É uma pena que a Emirates tenha resolvido trilhar um caminho em que pune o consumidor duplamente, quando esse comete o erro e paga uma multa abusiva, e quando ela mesmo comete o erro, e impede aquele de viajar, ou seja, o erro só vale para ela, pois o consumidor que se lasque e pague pelo erro dele cometido. 

Já disse aqui antes que a Empresa perde uma excelente oportunidade de Marketing e encher seus aviões, já que com portas fechadas, todos os assentos passam a custar ZERO Reais. Em 7 dias a empresa aérea deverá se pronunciar oficialmente perante o Procon, e acredito que irão insistir na questão do cancelamento, pois a cia é teimosa, mas assim que sair qualquer notícia a respeito irei atualizar para que vocês possam tomar a melhor providência possível. Boa Viagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário