sexta-feira, 10 de junho de 2016

IMITAÇÃO DE UM DESASTRE

A American Airlines nos traiu, a Korean Air morreu no Brasil, e a Air France virou as costas para Brasília. O que esses três fatos em separado tem em comum? Muita coisa. Não só no Brasil, mas no mundo, a movimentação de passageiros está caindo. Ontem saiu o resultado trimestral da AA referente aos meses de Janeiro a Abril, e mesmo com corte de 7 rotas em operação com o Brasil, houve queda de 4,1% no mercado sul-americano, no Brasil o impacto chegou quase aos 13%. Já no seu mercado doméstico o tráfego caiu quase 5%, e tudo isso com a redução de oferta, porém a cia aérea continua tendo lucros recordes, obviamente devido ao valor mínimo do petróleo nesses últimos tempos. 

A KAL se foi, cancelou sua rota entre São Paulo e Los Angeles, e a AF também já cancelou sua rota de Brasília a Paris. Tudo isso indica apenas uma coisa, o movimento caiu, e está caindo. As passagens, mesmo com promoções e valores baixos não tem vendido, e surpreendentemente a American aumentou todas as suas tarifas quase que duplicando os seus valores, então agora mesmo que irão vender, se entendem minha ironia. Não bastasse a cia aérea resolveu mudar o seu programa de fidelidade, que de fidelidade nada mais tem, a partir de 1º de Agosto de 2016. 

A GOL está quebrada, a TAM precisou se juntar com a LAN para sobreviver, mas tanto o Smiles como o Multiplus continuam forte. O que isso indica? Que uma cia aérea não quebra um programa de fidelidade, todavia um programa de fidelidade pode destruir uma cia aérea. Mas nenhuma dessas indicações acendeu a luz vermelha para a administração da AA, nem mesmo o pedido de demissão de Suzane Rubin que me confessou pessoalmente que não queria ter seu nome atrelado ao programa quando o mesmo mudasse, mas insistiram na mudança.

Agora só nos resta ver o que o futuro reserva para a AA, mais lucros recordes, a normalidade, ou prejuízo certo. De acordo com a Administração da empresa os passageiros a partir de agora irão gastar mais para ganhar mais milhas, e eu gostaria de conhecer quem são esses passageiros para pedir dinheiro, pois ao invés de jogar dinheiro no lixo podem contribuir com o Mestre das Milhas para ajudá-los no futuro. Tudo isso foi para revelar os sinais que estão berrando como nunca, mas em nome da ganância certa empresa ousa ignorá-los. A partir de 1º de Agosto use a lealdade com seu bolso, e escolha o melhor caminho para você. Boa Viagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário