terça-feira, 30 de agosto de 2016

SCOTT KIRBY FOI DEMITIDO DA AMERICAN AIRLINES

Ontem, seguindo o press release da American Airlines, anunciamos que Scott Kirby estava deixando a American para se juntar à United, porém esse não é caso, e Scott foi realmente demitido, o que muda drasticamente a perspectiva. De acordo com uma fonte confiável, o ex-presidente da AA foi demitido pelo conselho da cia aérea em virtude da rápida degeneração da empresa. Nós não temos todos os dados, mas parece que a perspectiva futura da AA é algo nebuloso, e não deveria ser assim para uma empresa que saiu do capítulo 11 (Recuperação Judicial) com lucros recordes. 

Não é segredo para ninguém que as mudanças no programa de fidelidade foram todas ordenadas pelo ex-presidente, tanto é que por discordância, a Suzane Rubin, ex-presidente do Programa AAdvantage, pediu demissão. Obviamente que não foram só pelas mudanças que no programa de fidelidade que resultou nessa ação do conselho, mas que foi uma enorme coincidência acontecer isso justamente após um mês da mudança do programa. 

A especulação trata que as mudanças no programa não foram só estruturais, mas causaram problemas de paridade, onde de melhor passou a ser o pior das americanas, e gerou um marketing negativo muito grande nos EUA, o principal mercado da American e justamente numa época quando a AA está em vias de iniciar prejuízo devido a ocupação de seus voos, que estão despencando. Vale dizer que a ocupação já estava ruim antes, e que mudanças no programa tiveram impacto sim, e muito maior do que esperado, acelerando essa queda. Agora, só nos resta aguardar os novos passos da atual administração, que eu suspeito tentará fazer promoções para tapar buracos deixados pela alteração no programa, o que não deverá voltar ao original por questão de orgulho corporativista pelo menos num curto período de tempo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário