sexta-feira, 11 de novembro de 2016

COMO A ALITÁLIA FAZ UM DOWNGRADE DO SEU STATUS ELITE

O texto abaixo é um relato do leitor Cícero Filho que pediu que publicássemos a sua experiência com a Alitália. O Texto é completamente original do leitor sem quaisquer modificações. O Blog está sempre aberto a compartilhar a publicação de qualquer leitor. Leia o relato abaixo:

Sou passageiro frequente de diversas companhias aéreas. Ao longo dos últimos anos consegui atingir status elite em todas as grandes alianças mundiais, Star Aliance, One World e SkyTeam.

Como viajo bastante acabo sendo um ótimo “observador” e crítico.
Na aliança SkyTeam sou cliente elite na Delta, KLM e Air France. Sempre aproveito ao máximo as vantagens de ter atingido o status elite como prioridade no checkin, franquia de bagagem, Vip Lounge, prioridade no embarque e é claro, upgrade de categoria.

Tenho realizado com certa frequência viagens do Brasil para a Europa, para visitar minha família e sempre busco as melhores opções com o melhor custo benefício possível.

80% de minhas viagens tem sido com a Alitalia que faz parte do SkyTeam e recentemente teve 49% de suas ações adquiridas pela Etihad, assim como o controle das operações da cia.
Acredito que teremos uma melhora no atendimento em solo e quem sabe algumas novidades a bordo.


No entanto como sou um caçador de milhas sempre tento utilizar a melhor opção e tenho comprado vários trechos com milhas, no caso da Alitália tenho conseguido trechos de 35.000 milhas, o que convertendo em reais varia de ZERO ,R$ 350,00, R$ 700,00, chegando até a R$ 1.050,00 , dependendo se as milhas utilizadas foram compradas ou adquiridas em voos.

Ou seja mesmo emitindo com milhas smiles, a passagem está sendo PAGA para a Cia aérea e o respectivo trecho é emitido com um localizado facilmente reconhecido no Amadeus e um especifico da Alitália de código AZ que recentemente trocou seus sistemas proprietários para o Saber (Sabre).

Sempre tive dificuldades em fazer qualquer procedimento com a Alitália, desde a metade do ano passado quando nem mesmo o checkin nos totens dos aeroportos passou a não ser mais permitido.
Qualquer tentativa de utilizar o app ou site informa que o localizador não foi encontrado!

A única alternativa é entrar em contato com o atendimento que no máximo vai fazer sua reserva de assento.
Ou seja a experiência de viajar Alitália, participante da aliança SkyTeam e ainda quase que uma companhia MEIO-Etihad, uma das melhores do mundo, consegue fazer que seu status elite não sirvam pra NADA, através de uma simples restrição em seu sistema que bloqueia qualquer ação sua somente por ter emitido pela SMILES.

O que você está perdendo com isto?

·         Você não pode fazer seu checkin
·         Não pode reservar seus assentos
·         Não pode escolher sua comida, restrições alimentares
·         Não pode solicitar um upgrade, o que só é possível 10 dias antes da viagem
·         Não pode comprar um upgrade com antecedência, pois seu checkin só poderá ser realizado no aeroporto.

O que você deve fazer caso se encontre um uma situação destas:

·         Seu checkin somente poderá ser feito no aeroporto

·         Qualquer solicitação pela central de atendimento somente pode ser feita com 2 dias de antecedência

·         Verifique todos os dados no momento do checkin no balcão pois eventualmente a Alitalia poderá modificar assentos e categorias.

Antes de escrever este artigo entrei em contato com a Alitália, informando que estaria escrevendo sobre o assunto e que como sempre nunca tive qualquer resposta deles.

Minha recomendação final é que você deve aproveitar as promoções de passagens ida e volta por R$ 1.100,00 até R$ 1.500,00 que acabam saindo mais em conta do que utilizando pontos e você não passará por todos os problemas de utilizar bilhetes gerados com pontos que são descaradamente RESTRITOS na Aliátlia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário