COMPARTILHAR VIA

Este voo foi realizado por um dos nossos mais especiais leitores, que não poderia deixar de colaborar e nos enviar sua avaliação, que colocou a AA em primeira cia aérea em termos de conforto e serviço doméstico nos EUA nas rotas de Nova York para São Francisco, e São Paulo. Gostaria de agradecer de antemão ao nosso correspondente, que é o melhor oftalmologista do Brasil atualmente, o Exmo Sr.Prof.Dr. Luiz Danna, e abaixo segue o seu “report” nas suas próprias palavras:

“A321 Transcon

Minha avaliação pessoal do A321 Transcontinental no voo JFK-LAX AA33

Primeiro: avião novo é avião novo, não tem jeito.

Segundo é estranho entrar em um avião digamos pequeno (narrowbody) mas com 3 classes de serviço. Eu estava na primeira fileira da executiva no assento 6D, também conhecido como “bulkhead” . Na configuração as janelas não têm acesso direto ao corredor e eu sempre prefiro corredor, ainda mais em um voo de quase 6 horas.
O assento é muito confortável, reclina 180 graus, e tem um bom espaço para quem quer se esticar e deitar, porém é um pouco estreito. O controle individual do assento coloca a cadeira na posição que o usuário quiser, inclusive com ajuste lombar. A mesinha é um “brinquedinho” a parte pois fica posicionada entre os dois assentos e abre de uma maneira muito curiosa.

O sistema de entretenimento é ótimo, com filmes, seriados e música para todos, acredito eu que mais completo que os tablets Samsung, porém como os fones Bose só são distribuídos depois de 20 a 30 minutos da decolagem, perde-se um tempo enorme que poderia ser gasto com diversão. Além da tela HD de 15.4 polegadas touchscreen, o sistema de entretenimento pode ser operado por um joystick em seu assento que também possui uma pequena tela touchscreen, essa porém não muito sensível ao meu toque, só dava erro e não me obedecia.
O mapa que mostra a rota é interativo e você pode ser aumentado, diminuído e rodado, como no Google Earth.
Cada passageiro também recebe, além do fone de ouvido Bose com noise cancelling, o kit com edredom e travesseiro com fronha de algodão. Nada de nécessaire, só para a primeira classe.
As tomadas de força, USB e do fone de ouvido ficam em uma posição um pouco desconfortável próximo a cabeça do passageiro, porém tudo que se precisa tem ali, além de um foco de luz LED com controle de intensidade…
Os únicos porta-trecos ficam abaixo da tela e ao lado da cabeça, que também tem suporte para garrafa de água.
Um banheiro apenas para a executiva de 20 lugares, achei que fosse dar problema mas não, foi adequado. O banheiro é como qualquer outro pequeno banheiro, mas tem um toque mais atualizado e moderno.
A comida sempre é boa é farta nesta rota com direito a cookie assado na hora no final do voo. A novidade é uma cesta com alguma variedade de bolachas doces e salgadas que ficam no apoio à frente da cabine da executiva, para quem estiver interessado em um lanchinho extra, um minibar.

O avião é ágil e bem silencioso, com exceção da aterrisagem. Estranhei as janelas que são bem pequenas, deve ser o padrão Airbus.
Sem sombra de dúvida uma atualização mais que necessária para os velhos e ultrapassados 767-200. E aparentemente sem concorrência nessa rota se levarmos em conta a disponibilidade de classe executiva e primeira, ambas com assentos que reclinam 180 graus e enormes telas individuais.”

Muito Obrigado Dr.Luiz Danna

*Todas as fotos de propriedade de Luiz Danna, cedidas para o Blog com todos os direitos reservados.