COMPARTILHAR VIA

A LATAM inicia gradualmente suas mudanças previstas para ocorrerem de 13/04/2017 até 23/05/2017.

Uma das medidas iniciais é a terceirização do atendimento telefônico aos clientes, que começa ser atualizado a partir de amanhã, onde grande parte dos setores que atuavam na Rua Augusta – Fale com a Gente, Remarcação e Call Center passam a ser de responsabilidade de empresa terceirizada de atendimento a clientes, o que gerou grande número de demissões na data de hoje.

Além disto, tivemos informações que agentes de aeroportos também passarão a ser terceirizados, assim como já ocorre nas bases de Johannesburgo, e, recentemente, Miami, como testes.

Eu mesmo, Victor, já tive a experiência de ser atendido por terceirizado do Check In ao Embarque em Johannesburgo, em dezembro, onde o atendimento fica muito aquém ao desejado.

Esperamos que seja um fato pontual e não corriqueiro, assim como desejamos a todos boa sorte em futuros atendimentos telefônicos da companhia.

As eventuais atualizações serão postadas neste mesmo artigo.

Recebemos em 19/04/2017 posicionamento da LATAM Airlines, o qual segue na integra:

Desde 12 de abril, parte das atividades realizadas pelo Call Center e pelo Fale com a Gente da LATAM Airlines Brasil passaram a ser realizadas por empresas parceiras especializadas no tema.

 A companhia avalia constantemente seus processos e a contratação do serviço de empresas parceiras mostrou-se como a melhor alternativa para as necessidades da LATAM neste momento. Esta medida também está em linha com uma tendência mundial de serviços de atendimento ao consumidor, atribuindo este tipo de tarefa a empresas especializadas, simplificando processos de trabalho e a estrutura da companhia.

 Prezando pela transparência, a LATAM realizou um processo de concorrência público, no qual foram selecionadas duas empresas. A companhia estabeleceu ainda um sistema de gestão integrado com estes parceiros para assegurar a manutenção da qualidade dos serviços prestados aos passageiros.

 Adicionalmente, a companhia adotou todas as medidas cabíveis para que esta ação tivesse o menor impacto possível em seus colaboradores. Entretanto, haverá redução das equipes dedicadas a estas atividades.”

COMPARTILHAR VIA
Victor Bazilio é LATAM Fidelidade Black Signature e Avianca Amigo Diamond. Tem 22 anos e já conhece mais países que sua própria idade, sempre de executiva e primeira classe. Seu recorde de milhas voadas é de 54.125 milhas em apenas 15 dias.” Snapchat : @vbazilio.
  • Real

    Terceirizado é um profissional como outro qualquer, amigão. O ranço que brasileiro tem nesta questão é muito parecido com aqueles nativos que ficam com medo de perder seus empregos aos imigrantes. Fica de fora do mercado quem é indolente e “matão”.

    Já vivi tempo demais como empregado, pra ver as mais diversas artimanhas de ‘colaboradores’ oprimidinhos, (descontentes com o serviço, mas incapazes de pedir demissão e procurar algo melhor) no intuito de levar vantagem e prejudicar o empregador.

    Bola fora do seu Victor aí: ao tentar por suspeitas sobre o processo de terceirização dos serviços, tenho absoluta certeza que já fostes atendido por dezenas de terceirizados, nem tendo percebido a diferença…

    • Rafael

      O problema não é a terceirização em si, mas como ela é feita. Em geral, a maioria das empresas não sabe fazer a acaba perdendo muito a qualidade do atendimento. A sua experiência com os colaboradores sabotando a empresa é um exemplo de má gestão. Existe com empregados, mas é potencializado com terceirizados.
      Ah, e é claro que existem também os vários casos de terceirizações bem sucedidas… Tenho esperança (ainda que pequena) que a LATAM seja um desses

    • Anderson Lima

      A diferença é que um funcionário LATAM no call center recebia media de 2000$/mês enquanto um funcionário terceirizado que faz o mesmo serviço ganha um salario minimo… e sem todos os benefícios que funcionários LATAM recebem… Falo pois já estive lá.

    • Raphael Caldas

      Trabalhei no Sindicato de empresas terceirizadas na área de cadastro e posso lhe dizer: a rotatividade é assustadora em empresas de terceirização. Como estamos falando de uma empresa de aviação, com seus complexos pormenores e procedimentos atualizados a todo momento, a qualidade de serviço vai cair consideravelmente. O trabalho não é nada simples, muitas vezes stressante e em empresas de terceirização, você não tem ascensão nenhuma. Sem aspirações em sua carreira, vc tende a desanimar, ainda mais trabalhando 6×1 e ganhando 800 contos sem contar os descontos. Se confirmada essa demissão em massa, a Latam está contribuindo muito negativamente nesse cenário nojento proposto pelo inelegível presidente golpista! Latam está praticando um retrocesso gigantesco e perderá clientes com toda certeza.. Se bem que, quando saírem os Top Tiers, quero ver continuarem com essa palhaçada.a

  • Marcos

    A atual gestão está acabando com o que a empresa tinha de bom (O call center não era exatamente um exemplo disso), mas tudo indica que a coisa vai ser precária daqui pra frente. Espero que a empresa sobreviva diante do que vem por aí em termos de concorrência, mas penso que eles estão enxugando pra vender depois,

  • Nei Menezes

    A qualidade da Latam ou Latão, como resolvi apelidar a empresa, por considerar que está um verdadeiro lixo, vem caindo de forma progressiva e assustadora, em todos os setores. O call center sempre foi uma porcaria. Os funcionários não têm um conhecimento mínimo necessário para o desempenho da função. Já tive que “ensinar” a muitos deles muitas coisas. Espero sinceramente que com a terceirização este setor da empresa melhore. A meu ver há uma luz no fim do túnel, uma vez que a empresa contratada para assumir este setor, poderá ter funcionários com melhor capacitação / qualificação. Ou não, pode ser que sejam até muito piores. Vamos aguardar para ver. O que está óbvio é o grande número de pessoas que perderão seus empregos. Notícia muito triste, no meio de toda esta turbulência que atravessamos.

    • Rafael

      Essa semana liguei para pedir pontos de um voo que eu fiz, mas não foi creditado no fidelidade. Juro que o atendente perguntou: como assim pontos de voo?

    • Lucas Alves

      O serviço já era terceirizado… alguns atendimentos era direto com a LATAM…e a maioria das ligações era direcionados a terceirizadas… e em ultima instancia que era a própria LATAM.

    • Raphael Caldas

      Discordo totalmente de você. Sempre fui muito bem atendido na TAM. certeza que pelo seu comentário tu deve ser mais um daqueles que inventam procedimentos, distratam funcionários. Vc merece está terceirização pois merece ser mal atendido. E quando for postar algo, seja coerente! Vc não pode ficar feliz com a terceirização e triste com as demissões. Pois uma coisa leva a outra.

  • Parabéns ao TEMER com suas propostas de mercado de trabalho sem comprometimento nenhum, sem treinamento adequado, arroxando a sociedade do jeitinho que o empresariado gosta, porque as grandes empresas não podem deixar de ganhar um real, senão é o apocalipse na terra. Parabéns á terceirização! Uma forma maravilhosa de atender tudo!