COMPARTILHAR VIA
Essa é sempre uma pergunta muito difícil de ser respondida, primeiramente porque é uma questão pessoal acima de tudo. Cada pessoa tem um padrão de viagem diferente, e isso é uma das coisas que mais influencia na escolha do programa. Antes desse ano era muito fácil apontar um programa porque aquele tinha vantagens consideráveis em relação aos outros, coisa que acabou. A verdade é que parece que todos os melhores programas se juntaram para reduzir significativamente os benefícios dos passageiros frequentes deixando esses numa situação peculiar, já que a maioria dos programas hoje estão muito ruins, qual escolher?
Ao longo de 2016 analisamos bem todos os programas, e cogitamos utilizar o Latam Fidelidade para 2017, até que esse anunciou mudanças ruins, e desceu de patamar após estar no topo dos programas de fidelidade. Nosso programa preferido era o AAdvantage da American, que foi parcialmente destruído, digo parcialmente pois a partir do momento que você voar com as parceiras da Oneworld o programa melhorou ao invés de piorar, pois continua com todos os benefícios, é uma maneira de contornar o gasto mínimo (se houver para não residentes nos EUA), e ainda concede mais milhas do que antigamente se você estiver no topo do nível elite do programa. 

Em função da piora do Latam Fidelidade, a nossa escolha continuará sendo o AAdvantage, embora esse não seja o melhor programa, mas para os padrões de viagem do Blog esse será o mais apropriado, além também de oferecer os benefícios Lifetime, o qual já estamos muito próximo. Na nossa visão o melhor programa para se usar em 2017 é o Mileage Plan da Alaska Airlines, só tem um problema, esse programa funciona melhor nos EUA do que no Brasil. 

O programa da Alaska, através de seu CEO, confirmou que o programa continuará sendo baseado na distância, e tem parcerias muito interessantes como Emirates, British, JAL, American, Air France, Cathay, entre outras cias aéreas presentes no mundo, porém no Brasil não tem nenhuma parceria com as nacionais, o que impede você de receber pontos nesse programa se voar com a GOL, Avianca, Azul, ou Latam. 
Muito também dependerá de onde você voar, pois se você voa somente de GOL não adianta pontuar na Latam e vice-versa. Uma coisa precisamos dar o braço a torcer, é que os programas nacionais melhoraram em relação aos internacionais, ou os internacionais pioraram de tal sorte que os nacionais estão mais interessantes a partir de amanhã, já 2017.
Então, vocês já sabem a nossa escolha, que continuará sendo o AAdvantage por questões pessoais, mas qual a nossa recomendação para você? Elaboramos um esquema que acreditamos ser o melhor para você escolher com base no retorno, e obviamente que isso é apenas uma sugestão, e feito de maneira genérica, logo, pode ser que no seu caso específico não funcione, mas tentamos englobar o máximo de fatores possíveis para te balizar e ajudar a escolher aquele programa que te trará um melhor retorno a partir de amanhã já que começa o novo ano de qualificação elite. Veja abaixo como ficou:
SE VOCÊ VOAR COM *************** SUGERIMOS PONTUAR NO ****************
1 – DELTA/GOL/AIR FRANCE/KLM => SMILES
2 – ONEWORLD => LATAM FIDELIDADE
3 – STAR ALLIANCE => AMIGO AVIANCA
4 – AZUL/UNITED/TAP=> TUDO AZUL
*5 – PARCEIRAS DA ALASKA AIRLINES => MILEAGE PLAN (ALASKA AIRLINES)
Nós acreditamos que ao seguir o quadro acima você terá o maior retorno possível, e apenas pedimos cuidado pois apesar de número 5 na lista o Mileage plan deve levar preferência quando você sabe que irá voar com as parceiras dele, por exemplo Air france e American Airlines, se você passar despercebido pode pontuar os voos da Air France no Smiles, e American no Latam Fidelidade, porém o ideal seria pontuar ambos no Mileage Plan da Alaska, pois existe a convergência de pontos, e esses são baseados na distância e contam para a categoria elite. Então com base nisso fizemos um croqui de perguntas de prioridade:
1 – É possível pontuar no Mileage Plan? Se sim, pontue lá, se não consulte o quadro acima para saber qual o melhor programa.
Essa recomendação também pode mudar ao longo de 2017, caso algum programa se torne melhor, ou o Mileage Plan da Alaska se torne pior, mas nossa recomendação hoje é sempre verificar se é possível pontuar no programa da Alaska, e então utilizar o quadro acima para verificar o resto. Como disse anteriormente estamos cada vez mais lidando com um ambiente difícil de maximizar os pontos, então se faz necessário desenvolver técnicas cada vez mais elaborativas para permitir que nós, passageiros, não sejamos lesados, e continuaremos aqui firme e forte ao longo do próximo ano de 2017 ajudando você a acumular mais pontos, resgatar menos pontos, e consequentemente viajar mais e melhor. O Blog deseja a você e seus familiares um próspero ano novo, uma excelente transição de ano, e boas festas, além de desejar uma Excelente Viagem ao longo de 2017.

*Imagem retirada da página oficial da Alaska Airlines.